fbpx
Pular para o conteúdo
Blog » Ataques de Ransomware: o que são e como se prevenir?

Ataques de Ransomware: o que são e como se prevenir?

Tempo estimado de leitura: 4 minutos

Ransomware: o que é e como prevenir.

Nos últimos anos, os ataques de Ransomware se tornaram cada vez mais frequentes e impactantes, afetando organizações de todos os tamanhos e setores. 

Segundo dados da Dragos, empresa de segurança cibernética, ataques de ransomware contra organizações industriais aumentaram 87% em 2022.

Mas o que é um ataque de Ransomware e como ele funciona? Neste artigo, vamos explorar o assunto com mais profundidade.

O que é um ataque de Ransomware?

Um ataque de ransomware é um tipo de ataque cibernético em que os invasores bloqueiam o acesso a arquivos ou sistemas de uma empresa ou indivíduo, exigindo um pagamento em troca da liberação do acesso. Esse tipo de ataque é chamado de ransomware, porque os invasores “sequestram” os dados e exigem um “resgate” (em inglês: Ransom) para liberá-los.

Os ataques de ransomware geralmente começam com a infecção de um computador ou rede, muitas vezes por meio de um e-mail de phishing, um site malicioso ou uma vulnerabilidade de software. Uma vez que o ransomware infecta o sistema, ele começa a criptografar arquivos, impedindo que o usuário os acesse. Em seguida, uma mensagem aparece na tela, informando que os arquivos foram sequestrados e que um resgate deve ser pago para recuperá-los.

Os invasores geralmente exigem o pagamento em criptomoedas, como Bitcoin, que torna o rastreamento mais difícil para as autoridades. Eles também podem fornecer instruções detalhadas sobre como pagar o resgate e como recuperar os arquivos.

Conecta suite, delegue com facilidade os e-mails no Workspace sem precisar de comaprtilhamento de senha

Por que os ataques de ransomware são perigosos?

Os ataques de ransomware são perigosos porque podem ter um impacto significativo nos negócios e na vida das pessoas. Se uma empresa perde o acesso aos seus arquivos, pode ser impossível continuar operando ou cumprir obrigações legais e contratuais. As consequências financeiras podem ser devastadoras, e as organizações podem precisar pagar o resgate para evitar perdas maiores.

Por exemplo, segundo a empresa de análise de blockchain Chainalysis, só em 2022 o prejuízo causado por tais ataques chegaram a mais de 450 milhões de dólares com pedidos de resgate. Já em 2021, esse número chegou a 765 milhões.

Além disso, mesmo que a vítima pague o resgate, não há garantia de que os invasores irão realmente liberar os arquivos. Eles também podem manter o acesso à rede ou aos dados, o que pode representar um risco contínuo de segurança.

Como se proteger contra ataques de Ransomware?

Existem várias medidas que as empresas e indivíduos podem tomar para manter a segurança de dados e se proteger contra ataques de Ransomware. Aqui estão algumas delas:

  • Manter softwares e sistemas atualizados, incluindo antivírus e firewalls;
  • Evitar clicar em links ou baixar anexos de e-mails desconhecidos;
  • Implementar políticas de senha fortes e alterá-las regularmente;
  • Estabelecer uma cultura na empresa de zero compartilhamento de senha entre colaboradores;
  • Realizar backups regulares dos arquivos importantes e armazená-los em locais seguros;
  • Realizar treinamentos de conscientização sobre segurança cibernética para funcionários;
  • Manter-se atualizado sobre ferramentas e dicas que melhoram a segurança da informação da empresa. 

A exemplo do último ponto, sugerimos que assine a Newsletter da Conecta Nuvem. Onde enviamos no seu e-mail a cada 15 dias, dicas de produtividade do Google, além de informações sobre segurança da informação.

Conclusão

Os ataques de ransomware são uma ameaça séria e crescente para indivíduos e organizações em todo o mundo. Eles podem causar danos financeiros significativos e afetar a vida das pessoas de várias maneiras. 

Dessa forma, a melhor maneira de se proteger contra esses ataques é adotar práticas de segurança cibernética sólidas. Assim, será possível ficar sempre alerta para possíveis ameaças.

Marcações: