Início » Tudo que você precisa saber sobre Transformação Digital e Google Workspace (G Suite) » Como evitar que seus e-mails se tornem SPAM?

Como evitar que seus e-mails se tornem SPAM?

  • por
evitar e-mail spam

Não há nada mais incômodo do que abrir sua caixa de e-mails e encontrar milhares de mensagens indesejadas, certo? Assim como você, muitas pessoas também classificam diversos de e-mails como SPAM, todos os dias. Para que isso não aconteça com as mensagens da sua empresa, juntamos algumas informações para evitar que os seus e-mails se tornem spam.

Seja para a nutrição de leads, envio de newsletters, promoção de produtos ou troca de informações, você pode contar com o e-mail marketing , mas para que ele funcione de maneira correta, é preciso evitar que seu e-mail seja considerado SPAM. A principal diferença entre o e-mail marketing e o SPAM é a permissão de quem recebe o e-mail.

Evite que seus e-mails se tornem SPAM usando o Gmail

Existem ferramentas que você pode utilizar para o envio de e-mails marketing. Mas há uma opção com a qual você já deve estar bem familiarizado, o Gmail. Para enviar e-mail marketing através do Gmail, a opção mais simples é a agrupar seus contatos em grupos:

1) Crie um grupo: Acesse o Contatos do Google; em “Marcadores”; clique em Criar marcador; digite um nome e clique em OK.

2) Adicione contatos ao grupo: Selecione os contatos marcando as caixas ao lado dos nomes; no canto superior direito, clique em Marcador; escolha os grupos aos quais você quer adicionar os contatos. Você verá uma marca de seleção exibida ao lado dos grupos que escolheu.

3) Envie um e-mail para um grupo: No momento de enviar um e-mail, no campo “Para”, digite o nome do grupo e selecione o grupo na lista exibida; você verá a lista de contatos aparecer no campo “Para”.

Assim como o Gmail, outras ferramentas do Google Workspace (G Suite) do Google podem facilitar a execução das atividades na sua empresa. Converse com a equipe da Conecta Nuvem e conheça mais.

Quais os riscos de ter seu e-mail classificado como spam?

Criar uma lista de e-mails com pessoas interessadas demanda mais tempo do que usar um software que mande milhares de emails sem a autorização das pessoas, mas apesar de ser comum, a técnica de spam por e-mail é fortemente desencorajada, pois para cada cliente conquistado, existirão milhares de pessoas insatisfeitas que irão associar sua marca como spam.

Ter seu IP ou seu domínio classificados como spam fazem a credibilidade deles e da sua marca caírem. Além de dos usuários criarem desconfiança, seus e-mails podem ir automaticamente para as caixas de spam e você pode ficar impossibilitado de enviar novos e-mails a qualquer conta que utilize antispam.

Cinco dicas para que seu e-mail não vire SPAM

Existem milhares de sugestões, mas para simplificar e ao mesmo tempo ajudá-lo a conhecer os pontos principais, confira nossas cinco dicas:

1) Envie conteúdos interessantes

Fique atento ao interesse que sua comunicação gera nos clientes. Crie conteúdos que lhes sejam úteis, que aguçem a curiosidade, que conquiste os leitores. Crie vínculos, através de histórias, pesquisas, informações. Não são apenas as promoções que atraem o consumidor. Mantenha uma regularidade de envios, sem exageros.

2) Esteja atento ao remetente

Esta é a primeira informação que o leitor terá. Evite e-mails e nomes genéricos. Peça aos clientes que adicionem o e-mail à lista de contatos evitando que os filtros bloqueiem suas mensagens. Crie um email para respostas, construindo relacionamentos com os clientes.

3) Atenção ao assunto do e-mail

O título do assunto é a maneira mais fácil de conseguir visualizações, porém, cuidado para que o cliente não se sinta enganado. Não faça rodeios, nem promessas. Evite frases longas demais e no imperativo! Evite palavras como: Compre agora, Promoção, Oferta, Grátis, Desconto. Desperte a curiosidade com chamadas atraentes.

4) Mostre ao cliente quem é você e sua empresa

Os clientes têm o direito de saber de onde vem o e-mail, mantenha informações da empresa, do emissor, e-mail e formas de contato acessíveis no cabeçalho ou rodapé do e-mail.

5) Dê ao cliente a escolha de receber ou não seus e-mails

E-mails marketing devem ser sempre uma escolha do cliente. Da mesma forma que os envios devem iniciar após o cadastro do e-mail, as mensagens devem trazer a opção de descadastrar, além de um e-mail de retorno que permita aos clientes manifestarem o porquê da escolha. Essa opção ajuda também a definir a audiência interessada no sua empresa oferece.

Ferramentas para ajudá-lo a evitar que seu e-mail seja SPAM

Assim como o Gmail, existem outras ferramentas para auxiliá-lo no envio de e-mail marketing, seja com o disparo e análise de resultados ou com a formatação do mesmo. Confira algumas sugestões:

Mailchimp – Ideal para quem dá os primeiros passos e com opções para quem já tem experiência. Crie listas personalizadas, campanhas segmentadas, layouts e templates e mensure resultados. A versão free permite 2 mil contatos e o envio de até 12 mil e-mail/mês. As pagas, começam a partir de 10 dólares.

MailJet – Uma ferramenta all-in-one. Automatize a nutrição de leads, envie e-mails transacionais e campanhas direta de marketing para sua lista. O uso é gratuito para 6 mil emails mensais, limitados a 200 envios por dia. Os planos pagos começam em 8,04 dólares/mês.

Is Not Spam – Teste seu e-mail antes de enviá-lo. Analisa se está usando palavras que ativam o filtro de Spam no assunto ou no corpo da mensagem, além de verificar o código HTML

Mail Tester – Essa ferramenta apresenta uma pontuação para a sua campanha, podendo alertar sobre erros e indicar boas práticas para o seu conteúdo.

MxToolbox Consulte se o domínio da sua empresa está ou não em alguma blacklist.

Esperamos que faça bom uso das dicas. Conheça outras ferramentas que podem ajudar sua empresa. Dúvidas converse com a Conecta.

Continue conectado: