Início » Tudo que você precisa saber sobre Transformação Digital e Google Workspace (G Suite) » Como criar uma cultura de inovação na empresa?

Como criar uma cultura de inovação na empresa?

  • por

A inovação é o motor do mercado. A lógica é simples: empresas que inovam continuam no mercado e as que não apresentam novidades tendem a fechar as portas. A época em que bastava-se manter-se do mesmo modo para continuar existindo está no fim. Por isso, é importantíssimo criar uma cultura de inovação dentro das empresas.

Muitas pessoas acreditam não ser possível inovar, sozinha, dentro de uma empresa, porém, saiba que esse é um dos caminhos mais importantes e deve, sim, ser incentivado. Engana-se quem acredita que, para criar uma cultura de inovação, é preciso sacrificar a produtividade dentro da empresa.

A união do alto desempenho com a criatividade é essencial para o futuro de qualquer negócio e mais, uma área contribui com a outra. Por isso, nos acompanhe e descubra como criar uma cultura de inovação dentro de sua empresa!

O que é preciso para criar uma cultura de inovação?

Integração

O primeiro passo para incentivar as pessoas a pensarem em inovação é fazê-las sair de seu “mundinho”. Muitos colaboradores ficam tão focados em sua área que não sabem como é o dia a dia dos colegas de trabalho e se soubessem, poderiam ter ideias de como facilitar suas vidas.

Promover a integração entre áreas, a troca de conhecimentos e a colaboração é o primeiro passo para o surgimento de boas ideias.

Identifique problemas

Com certeza, cada setor de uma empresa possui uma reclamação principal e outras de menor importância. Ouví-los com frequência é importante para conhecer as dores dos colaboradores. E mais, ao compartilhar tais problemas com todos, a chance de alguém pensar e trazer uma solução é ainda maior.

Importante, um dos passos principais para inovar é pensar em solucionar problemas que já existem e são conhecidos. Não procure a resposta de problemas que ainda nem conhece, como muitos querem fazer. Trabalhe com o que tem, assim economiza-se metade do tempo gasto procurando os problemas da humanidade, por exemplo.

Coloque ideias no papel

Quando uma nova ideia surgir,, coloque-a no papel. Pode ser do jeito que você preferir, mas anote e esquematize tudo que conseguir, com o máximo de detalhes possível. Junte o dono da ideia com as pessoas que se beneficiarão dela e desenvolvam ainda mais o assunto.

O importante é ter toda a informação anotada e visível. Depois disso, organizar tudo! Pode ser em um Canva, um documento, um cartaz. A escolha é sua, mas deixe tudo organizado.

Dê liberdade e tempo para o responsável

Seja quem for o responsável por executar a ideia e tirá-la do papel, é preciso que a pessoa tenha tempo e liberdade para fazê-lo. Não adianta querer uma cultura de inovação se 100% de tempo do responsável se mantém ocupado com tarefas antigas.

Mas calma, não estamos dizendo que deve desocupá-lo de todas as entregas, mas é importante deixar um espaço livre na agenda desse colaborador (ou dos grupos) para que possam trabalhar com tranquilidade no propósito de inovação.

Assim, une-se produtividade e criatividade sem sobrecarregar a equipe.

Disponibilize ferramentas e seja paciente

Não adianta nada dar liberdade se a pessoa não tem as ferramentas de produtividade adequadas para entregar inovação à sua empresa. Dar visibilidade do projeto aos outros colaboradores é extremamente importante e se torna possível por meio dos serviços na nuvem sem qualquer dificuldade.

Se ainda tem dúvidas, converse com nossos consultores e entenda melhor como resolver os problemas de produtividade da sua empresa através das ferramentas Google Workspace (G Suite) e, ter um caminho mais claro na hora de buscar por inovação. O importante é tomar a iniciativa.

Gostou das dicas? Então compartilhe e coloque em prática esses princípios em seu ambiente de trabalho!

Continue conectado: