Como implantar a modalidade Home Office em sua empresa

Certamente, implantar a modalidade home office já é uma realidade em muitas empresas.

Mas como implantar essa modalidade atrativa, mas que gera dúvidas e preocupações aos empregadores?

Em primeiro lugar: Implantando home office de forma segura

Primeiramente, mesmo que o colaborador não esteja presencialmente para “bater ponto” em pontos eletrônicos,

ou utilizar o antigo dedo de silicone, é possível verificar se o funcionário está cumprindo suas jornada de trabalho corretamente e sem fazer horas extras.

Isso é possível, com uma ferramenta chamada Access Control, por exemplo: 

Ela funciona sobretudo, de forma integrada ao G Suite, onde o colaborador faz o login normalmente e as páginas que acessa, rastreia o IP, data e hora dos acessos e de onde a pessoa está acessando. 

Além disso, é possível configurar regras de bloqueio e acesso também para o colaborador home office.

Isso permite a determinação de horários que o colaborador pode e não pode acessar as ferramentas G Suite.

Por isso, há mais controle, segurança e proteção contra ações trabalhistas.

Antes de tudo para que se configure hora extra, empregador e empregado devem assinar um contrato.

Para entender melhor, acesse esse link.  

Em segundo lugar, confira abaixo algumas dicas para implementar a modalidade home office em sua empresa:

  1. Planeje a infraestrutura adequada 

Os colaboradores que forem fazer home office, devem ter ferramentas adequadas que também utilizaria em espaço corporativo.

Por exemplo: Certifique-se de fornecer notebook, câmera, fone e demais ferramentas da área que o profissional necessite.

Algumas empresas inclusive fornecem a cadeira e mesa para melhor ergonomia e conforto. 

  1. Avisos sobre a nova cultura

Mesmo que pareça óbvio aos empregadores, é necessário deixar todos os pontos claros e que, trabalhadores em modalidade home office, devem respeitar a jornada de trabalho e efetuar todas as demandas, inclusive fazendo o horário de almoço com duração combinada. 

  1. Tente o modelo híbrido

Caso o colaborador não se sinta tão confortável em fazer cinco dias úteis de home office, dê a chance de ele poder trabalhar presencialmente uma ou duas vezes por semana. Isso pode estimular e engajar seus colaboradores que não estão tão habituados à essa forma de trabalho. 

  1. Foque na mobilidade

Não é porque se chama “home office” que necessariamente seu colaborador precisará ficar em casa, certo? Certo!

Com as ferramentas do G Suite que dão colaboração e mobilidade, é possível trabalhar de qualquer lugar, lembre-se disso!

Em síntese, que tal incentivar o trabalho de um café, uma livraria ou até na praia? Parece sonho? Não é! 

  1. Treinamentos de aperfeiçoamento contínuo

Algo extremamente importante, os treinamentos de aperfeiçoamento contínuo ajudam na retenção de talentos e motivação.

Em conclusão, é de suma importância lembrar que os treinamentos todos devem ser realizados por videoconferências também, para atender e incluir os colaboradores home office. Isso pode ser feito com hangouts meet também.

Com ferramentas de controle de acesso e rastreio como o Access Control e integração com o G Suite, a gestão da modalidade Home Office pode ficar muito mais tranquila e facilitada. 

Quer saber mais como funciona? Contate nossos especialistas e Eleve Resultados.

Gostou das dicas?

Aproveite para seguir o nosso canal no You Tube e receber ainda mais novidades.
Para não perder nada lembre de ativar o sininho.

INSCREVER-SE YouTube

Logo Conecta Nuvem
Eleve os resultadas da sua empresa e descubra o poder da Cultura Cloud melhorando a qualidade de vida, aumentando a produtividade, facilitando o trabalho em equipe e a colaboração.

Conecta Nuvem

Soluções Cloud

Descubra o poder da Cultura Cloud e eleve os resultados melhorando a qualidade de vida, aumentando produtividade, facilitando o trabalho em equipe e a colaboração.

Parceira GoogleParceira CloudFlare

Posts recentes

FALE CONOSCO