Pular para o conteúdo
Blog » Os dados da empresa foram vazados: o que fazer?

Os dados da empresa foram vazados: o que fazer?

Tempo estimado de leitura: 5 minutos

A segurança de dados é uma preocupação cada vez mais presente nas empresas, principalmente depois dos vários casos de vazamentos de dados nos últimos anos e das consequências que trouxeram para grandes marcas como a Renner.

Segundo uma pesquisa da International Business Machines Corporation (IBM), em 2022 as empresas brasileiras gastaram em média 7,3 milhões de reais para se recuperar de vazamentos de dados. Esse número representa um aumento de 27,8% em relação ao ano de 2021.

Essa estatística alarmante evidencia como o vazamento de informações pode ser prejudicial para uma empresa.

Por isso, é importante entender o que fazer caso sua empresa sofra um ciberataque ou incidente de segurança. Confira no post algumas instruções que podem ajudar nesse momento de crise:

Entenda o problema

Quando a empresa descobre o problema, seja pela equipe de Compliance ou TI ou pela repercussão, o primeiro passo para lidar com a crise é fazer uma análise sobre o ocorrido.

Empresas grandes normalmente possuem equipes especializadas , as chamadas CSIRT, Grupo de Resposta a Incidentes de Segurança. São elas que vão analisar, conter o problema, recuperar dados perdidos e descobrir a fonte da violação.

Em empresas médias são os analistas de compliances que recebem essa demanda e as analisa, normalmente passando a resolução do ocorrido para a equipe de TI.

Em empresas menores, a demanda vai direto para o setor jurídico ou para o gestor de TI.

Portanto, é necessário investir em profissionais dessas áreas para melhorar a segurança da informação do seu negócio.

Acessos vazados

O compartilhamento de login e senhas é uma prática comum entre funcionários, mas representa um risco enorme para a segurança dos dados da empresa.

É romântico imaginar que podemos confiar em todos os colaboradores de uma organização, mas, infelizmente, não podemos.

Basta um funcionário mal intencionado ter acesso a informações importantes para o seu negócio correr um grande risco. 

Essa falha na cultura de segurança da organização é a responsável por muitos casos de violação de contas.

Caso uma empresa sofra com esse tipo de vazamento é importante que a senha seja trocada imediatamente e que a troca de senha passe a ser recorrente. 

Além disso, ative a verificação por duas etapas do Google. Isso irá garantir mais segurança no futuro.

Prevenir vazamentos dos dados da empresa

Como vimos, o vazamento de dados é algo muito perigoso para a saúde de uma empresa. 

Por isso é muito importante que após uma crise de violação de dados, a empresa faça mudanças e estabeleça uma cultura de segurança interna.

Para isso, é importante buscar sempre se atualizar sobre novas tecnologias que ajudem nesse processo. 

  • Desative o Takeout do Google Workspace

O Google possui uma ferramenta chamada Takeout, com ela é possível baixar todos os arquivos e documentos da empresa.

Para evitar futuras frustrações, desative essa ferramenta. Dessa forma, um funcionário mal intencionado ou que queria prejudicar a empresa após uma demissão não poderá baixar nenhuma informação.

Para mais informações dessa solução, assista ao vídeo a seguir.

  • Conecta Control

Outra tecnologia que pode auxiliar muito na segurança da informação de empresas é o Conecta Control.

Com essa ferramenta, você pode controlar o acesso dos colaboradores às ferramentas de trabalho do Google Workspace por horário e local (IP ou DNS), escolhendo quem pode ou não acessar os arquivos e documentos da empresa. 

Isso além de ajudar a descobrir os responsáveis pelos possíveis vazamentos de dados, também ajuda a empresa a ter mais controle sobre a jornada de trabalho dos funcionários. 

É possível também dar acesso ao email de um funcionário para outro sem o compartilhamento de senha. Assim, se torna possível rastrear quem utilizou aquela conta e o que foi feito durante o período de uso. 

Desse modo, o compartilhamento de senha entre funcionários não será necessário. O que melhora a cultura de segurança da organização.

Gostou do post? Então navegue pelo nosso blog para se informar mais sobre segurança de dados e sobre muitos outros assuntos que vão ajudar na gestão de sua empresa.

Sair da versão mobile