Início » Tudo que você precisa saber sobre Transformação Digital e Google Workspace (G Suite) » Você sabia que a maioria das empresas brasileiras não entendem como medir produtividade?

Você sabia que a maioria das empresas brasileiras não entendem como medir produtividade?

  • por

A maioria das empresas brasileiras não costumam medir a produtividade de seus colaboradores. E isso não tem a ver com demitir funcionários que não produzem, mas com otimizar o tempo dos que trabalham na empresa.

Você pode estar se perguntando, por que investir em produtividade? E como fazer isso?

Confira nossas dicas:

Por que medir produtividade nas empresas?

Medir a produtividade não deve ser encarada como uma forma de penalizar funcionários por mau desempenho. Por isso, esse não deve ser o objetivo na hora de implementar formas de calcular a produtividade da equipe.

Medir a produtividade é uma ação necessária para focar em aumentá-la. O objetivo principal deve ser engajar os colaboradores que estão com números baixos e elevar a entrega da equipe de maneira substancial.

Por isso, pense da seguinte maneira: medir produtividade é uma maneira para gerar soluções, e não problemas. Por exemplo, utilizar essas informações para prejudicar um colaborador pode colocar toda a equipe contra o gestor ou a empresa, e como resultado não terá retornos positivos.

Pensando assim, encontre as razões para medir a produtividade: a primeira delas é que os colaboradores vão sentir que o tempo rende mais e ficarão mais satisfeitas no ambiente de trabalho.

A lógica é simples, ninguém gosta de se sentir inútil. Por isso, se um colaborador sente que seu tempo está sendo aproveitado ao máximo, ele se sentirá valorizado, principalmente se isso for destacado.

Contudo, alertamos para o cuidado a ser tomado com o efeito oposto. Não sacrifique a satisfação de seus colaboradores de alta produtividade com a sobrecarga de tarefas. Pois, obviamente, isso afetará a produtividade a longo prazo, ocasionando ainda, o desgaste físico e mental e consequentemente, o risco de perder um bom colaborador por exageros de cobranças.

Mas então, como aumentar a produtividade?

Um dos primeiros passos para aumentar a produtividade nas empresas é definir metas. Faça isso com a equipe inteira para que todos concordem e possam opinar sobre a probabilidade e a importância de atingir tal meta. Assim, você não estipula um alvo fácil demais e muito menos um impossível.

Tal atividade deixará clara que o “agente cobrador de produtividade” e, consequentemente, de resultados, é a meta e não o gestor. Como resultado, os conflitos internos tendem a diminuir e o foco seja total na meta a ser atingida.

Para que os colaboradores se sintam ainda mais estimulados e por fim, realizados, é importante, por exemplo, atribuir bônus às metas. Consulte-os sobre a importância das bonificações, que podem não ser apenas financeiras. Todas essas ações são incentivos para o engajamento e o aumento da produtividade individual que irão impulsionar a de toda a equipe.

E como medir a produtividade?

Existem diversas maneiras para medir a produtividade nas empresas. òdem ser utilizados softwares, gratuitos ou pagos, de acordo com o objetivo e área de trabalho. O importante é definir métricas que medem de verdade a produtividade de acordo com o setor. Por exemplo, não adianta pegar uma métrica de vendas e aplicá-la ao setor de arte.

Uma maneira universal de medir produtividade é calcular o tempo das tarefas. Para isso, um método bastante recomendado é o time boxing, usada para destrinchar tarefas em vários itens menores, atribuir prioridades, estimar tempos e perceber quantas tarefas são possíveis dentro do seu horário de trabalho. E por fim, focar nas tarefas que trazem mais resultados e demandam menos tempo.

Outra forma de medir a produtividade é através de ferramentas de gestão, como o Trello, com a organização e distribuição de tarefas; o Rescue Time, que mensura o tempo de procrastinação. e por fim, as ferramentas G Suíte, serviço do Google que unifica todas as suas soluções de produtividade no domínio próprio da sua empresa. Sendo possível unificar identidade de marca e serviços de qualidade a um preço justo.

Caso tenha dúvidas, entre em contato com nossos consultores, você pode, inclusive, solicitar uma consultoria gratuita para entender como medir a produtividade de seu trabalho.

Gostou do artigo? Sua empresa mede a produtividade dos funcionários? Tem funcionado? Comente e compartilhe!

Continue conectado: