Início » Tudo que você precisa saber sobre Transformação Digital e Google Workspace (G Suite) » 5 coisas que aprendemos com o trabalho remoto

5 coisas que aprendemos com o trabalho remoto

Nesse um ano e meio de pandemia, muito se falou sobre a adaptação e os desafios do trabalho remoto, ainda mais com o isolamento. Agora, as empresas discutem se vão manter esse modelo de trabalho, se vão voltar ao presencial ou se vão apostar no regime híbrido.

trabalho remoto

Uma pesquisa promovida pela consultoria de RH Adecco aponta que 40% dos profissionais preferem o sistema híbrido. Independente da decisão, o trabalho a distância trouxe muitos aprendizados que levaremos para os próximos anos. Hoje, nós separamos 5 coisas que o home office nos ensinou.

O que pudemos aprender com o trabalho remoto

Sem organização, nada sai como deveria

A ida para o trabalho 100% home office trouxe a necessidade de adaptação às pressas, sem um tempo de treinamento. Contudo, tanto tempo depois já deu para perceber que a organização é o ponto-chave para fazer um dia render. 

Há muitas distrações no dia a dia, principalmente no trabalho remoto. No entanto, se não houver foco, planejamento e organização, o trabalho não vai render e a demanda vai acumular. Se isso acontecer, fica mais difícil atingir metas e encontrar o equilíbrio.

Um bom gestor é fundamental para o trabalho remoto funcionar

O trabalho do gestor normalmente já é difícil de ser executado. No trabalho remoto, então, é ainda mais desafiador. E a postura do gestor influencia diretamente no trabalho da equipe. É preciso estar constantemente motivando e incentivando o time. Além disso, os gestores também precisam manter os colaboradores engajados e atuando de acordo com o que a empresa espera.

Se a sua empresa está entre as que vão aderir ao trabalho remoto total ou ao trabalho híbrido nesse período de pós-pandemia, confira o guia que nós preparamos! É totalmente gratuito e pode ajudar muito no trabalho dos gestores. Que tal baixar e conferir o material que nós oferecemos? Ele certamente vai te ajudar a fazer a gestão da sua equipe.

É preciso separar trabalho e lazer

Essa é uma demanda que já existia no período pré-pandemia. Com a chegada do coronavírus, esse tema foi muito debatido, já que muita gente teve dificuldade de se adaptar ao trabalho remoto logo de cara. Assim, acabou perdendo a noção e não conseguindo separar trabalho e descanso, o que levou muitos colaboradores à exaustão. 

Tivemos de aprender a respeitar os horários de trabalho de cada um. Resolver coisas fora do expediente, ainda que simples, impactam diretamente na saúde mental. Afinal, é trabalho. Prejudicar a saúde mental do colaborador afeta diretamente no desempenho dele. 

Uma pesquisa da IBPAD afirma que 70% dos trabalhadores estão mais nervosos após um ano e meio de pandemia. Em contrapartida, só 18% das empresas focam em saúde mental. Esse é um assunto que não pode ser negligenciado se uma empresa quer ter resultados a curto e a longo prazo. Os gestores precisam incentivar esse cuidado com o horário por parte dos funcionários e respeitar o fim do expediente.

Comunicação é essencial, ainda mais no trabalho remoto

Se a comunicação já era fundamental antes, agora ela se mostrou ainda mais importante. O único jeito dos projetos caminharem bem no trabalho remoto é com uma boa comunicação. Isso vale para as empresas com os funcionários, os gestores com os colaboradores e a equipe entre si. 

No trabalho presencial, por exemplo, se você tivesse alguma coisa a resolver, poderia cruzar com a pessoa no corredor e conversar com ela. No home office, é preciso estar atento às tentativas de comunicação e também ter paciência e esperar o outro responder. Além disso, foi necessário tomar mais cuidado na hora de falar para não dar margem a outras interpretações.

O feedback foi outro quesito que os gestores tiveram de aprender a comunicar de forma remota. Ele é parte importante para manter os colaboradores engajados e alinhados aos valores da empresa. Sendo assim, não poderia ser deixado de lado se os gestores quisessem uma equipe unida entregando trabalho de qualidade no trabalho remoto.

Pensando nisso, nós preparamos um post com detalhes sobre o impacto da conversa no trabalho dos funcionários. Confira “Gestão de equipe: A importância do feedback e da comunicação” e saiba como estabelecer essa comunicação.

Uma empresa é formada por pessoas

Em suma, pudemos ver com mais força o quanto a tecnologia é essencial para o trabalho remoto. Contudo, uma empresa é feita de pessoas, e é pensando nelas que o planejamento precisa ser feito. Só é possível ter resultados se os colaboradores estiverem dispostos a fazer acontecer.

Sendo assim, sugerimos que abra um canal de comunicação para que eles deem sugestões a respeito do que a empresa pode melhorar. Uma construção conjunta tem base mais sólida e conta com o apoio de quem vai fazer a organização crescer. 

Se a empresa optar pelo modelo híbrido, lembre-se: é necessário um período de adaptação. Então, é importante alinhar as expectativas. Quanto mais abertos os gestores forem, maiores são as chances do trabalho fluir bem. Aposte no diálogo e na troca neste momento de retomada!

Continue conectado: